JUVENTOS vs FCPORTO

 

Está de volta a Liga dos Campeões!

O FC Porto joga contra a Juventus, em Turim, a passagem aos quartos de final da Champions.

Os dragões venceram a primeira mão por 2-1, no Dragão.

Além do prestígio, os milhões: FC Porto perto do maior bolo português na Champions

O Futebol Clube do Porto decide esta terça-feira uma vaga nos quartos-de-final da Liga dos Campeões. Os dragões levam uma vantagem de 2-1 para Itália e querem voltar a bater a Juventus.

A ida a Turim preenche, nesta altura, o pensamento dos portistas, depois de um 2×1 no Dragão que, para além da vantagem na eliminatória, demonstrou que a equipa de Sérgio Conceição tem capacidade para anular as principais peças da poderosa Juventus. A componente desportiva é, obviamente, a que mais conta, mas o lado financeiro também não deixa ninguém indiferente.

O FC Porto joga, esta terça-feira, a passagem aos quartos-de-final da Liga dos Campeões frente à Juventus e Sérgio Conceição falou sobre os vários jogadores cuja presença na partida não era garantida, confirmando a presença de Mbemba e explicando que Pepe e Corona vão estar em dúvida até ao último momento.

«O Mbemba treinou hoje, por isso, as indicações que tive foram positivas, em princípio esta disponível. Pepe e Corona são uma dúvida grande.

Vai ser até perto da hora de jogo para decidirmos», começou por dizer o técnico portista, na conferência de imprensa de antevisão da partida. «Marco Grujic também se magoou no pé e vamos ver a evolução dele.

Não posso mesmo dizer neste momento se vão a jogo ou não. Mbemba está disponível, os outros dois estão mesmo em dúvida», acrescentou

Jogo da segunda mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões

 O Comité de Arbitragem da UEFA designou Björn Kuipers (Holanda) para arbitrar o Juventus-FC Porto, referente à segunda mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões.

O árbitro de 47 anos terá como assistentes os compatriotas Sander van Roekel e Erwin Zeinstra, sendo Bas Nijhuis, igualmente holandês, o quarto árbitro. Pol van Boekel (Holanda) será o VAR, auxiliado pelo compatriota Dennis Higler.